Em busca de custos mais baixos e de uma cadeia produtiva mais bem estruturada, as montadoras têm intensificado parcerias para desenvolvimento e produção de tecnologias de eletrificação dos veículos. A mais recente, revelada nesta sexta-feira, 24, envolve a ACC, Automotive Cells Company, pertencente à Stellantis e Total Energies, que agora passa a contar com a participação da Mercedes-Benz.

A montadora alemã adquiriu 33% das ações da joint venture criada em 2020 com apoio e subsídios de vários países europeus, que desejam que a Europa tenha uma empresa competitiva para o fornecimento de baterias. São esperados investimentos totais da ordem de € 7 bilhões no projeto, que, por enquanto, conta com um Centro de P&D e instalações de testes em Nouvelle-Aquitaine, na França.

Com o aporte da Mercedes-Benz, que terá duas das seis cadeiras no Conselho da ACC, as parceiras se comprometeram a aumentar a capacidade industrial da joint venture para pelo menos 120 GWh até 2030, o dobro da incialmente prevista.

A Mercedes-Benz pretende ter sua linha de produtos totalmente elétrica até o final desta década. Para isso, tem planos de construir, por meio de parcerias, oito fábricas de baterias em todo o mundo, metade na Europa. Uma planta piloto deve começara operar em Sttugart, Alemanha, a partir de 2023.

Anúncio

“Esta nova parceria nos permite garantir o fornecimento e aproveitar as vantagens das economias de escala. Além disso, podemos ajudar que a Europa permaneça no centro da indústria automotiva ”,  disse Ola Källenius, CEO da Daimler AG e Mercedes-Benz AG.

“Damos as boas-vindas à Mercedes-Benz como um parceiro estratégico que compartilha nossa ambição de acelerar a liderança da ACC”, disse Carlos Tavares, o CEO da Stellanti. “A estratégia de eletrificação da Stellantis está avançando aceleradamente e o anúncio de hoje é o próximo passo em nosso plano de ser o líder automotivo”.

LEIA MAIS

→ VWCO avança na eletrificação em parceria com a CBMM

→ Futuro da Volkswagen está em elétricos, autônomos e softwares


Foto: Divulgação