Menos de dois anos de obras e a General Motors inaugurou nesta quarta-feira, 17, no Michigan, Estados Unidos, a Factory Zero, sua primeira fábrica totalmente dedicada à produção de veículos elétricos. A planta, na verdade, é a antiga unidade de Detroit-Hamtramck, que recebeu investimento da ordem de US$ 2,2 bilhões.

A Factory Zero, diz a GM, servirá como modelo para outras renovações de fábricas da montadora, que pretende se tornar uma fabricante só de veículos totalmente elétricos. Da nova estrutura sairão vários modelos movidos a bateria. Já estão confirmados a picape GMC Hummer EV, o SUV GMC Hmmer 2024, a Chevrolet Silverado EV e o Cruise Origin.

A pré-produção das picape Hummer começou em setembro e os primeiros clientes receberão o veículo até o encerramento do ano. “Renovamos as instalações da Factory Zero com a melhor e mais avançada tecnologia do mundo para produzir veículos elétricos”, disse Mary Barra CEO da GM, na solenidade que contou com a presença até do  Joe Biden,  presidente dos Estados Unidos.

Todos os veículos fabricados na planta serão produzidos sobre a plataforma Ultium e que engloba a arquitetura veicular e componentes de propulsão como células de bateria, módulos, packs, unidades de acionamento, motores  e eletrônica de potência integrada. A GM pretende lançar 30 elétricos em todo o mundo até 2025.

Anúncio

LEIA MAIS

→ GM mostra a transformação da fábrica de São Caetano

“A GM realizará uma mudança estratégica em sua rede de fábricas, já que será capaz de padronizar e otimizar os processos de maquinário, ferramentas e montagem. Essa flexibilidade permite menores investimentos de capital e maior eficiência”, afirma a montadora, que calcula economia de US$ 15 bilhões em custos de capital até 2030 por meio da renovação das instalações existentes em comparação à construção de uma estrutura totalmente nova.

“A capacidade de montagem de veículos elétricos na América do Norte chegará a 20% em 2025  e 50% em 2030”, afirma Gerald Johnson, vice-presidente executivo de Manufatura e Sustentabilidade Global da empresa.


Foto: Divulgação