O balanço dos primeiros 11 dias úteis do mês, com 123,6 mil emplacamentos, indica venda média diária acima de 11,2 mil veículos – exatos 11.236 -, número que deve crescer nesta reta final do ano, segundo projeções de executivos da rede de distribuição.

Se for mantida a média de 12 mil licenciamentos verificada neste início de semana, o mercado – considerando os sete dias úteis faltantes – chegaria a quase 210 mil veículos agora em dezembro. Mas a estimativa de fontes do varejo é a de que esse número se aproxime de pelo menos 230 mil, visto que a média diária sempre cresce na segunda quinzena.

“Nos dois últimos dias do mês passado foram emplacados, respectivamente, 15 mil e 23 mil veículos, movimento que deve se repetir esse mês”, prevê uma fonte, informando ainda que a meta da indústria automobilística para o dezembro era a de chegar perto de 250 mil emplacamentos.

LEIA MAIS

Anfavea prevê crescimento de dois dígitos para 2019

Mercado interno chegou a 230,9 mil veículos em novembro

Anúncio

Produção de veículos para a partir desta semana

Uma informação de consenso no varejo é sobre 0 menor volume de vendas diretas no mês. O que tem movimentando o mercado são os negócios com consumidores físicos, o que é comum em período de festa de fim de ano. Normalmente o volume de vendas em dezembro é maior do que em novembro – no ano passado, por exemplo, foram 212,6 mil contra 204,2 mil unidades, respectivamente.

Em novembro o setor comercializou 230,9 mil veículos, o que representou crescimento de 13,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, mas queda de 9,3% no comparativo com outubro, que teve mais dias úteis e emplacou 254,7 mil unidades.

Independentemente do que ocorrer até o fim do mês, certo é que o setor terá desempenho interno bem melhor do que o projetado pela Anfavea no início do ano, que previa alta de 11% em 2018. O crescimento é de 15% até novembro e deverá ficar próximo desse faixa no acumulado dos doze meses.


Foto: Divulgação/CAOA