Emparceria com a Mercedes-Benz, a Marcopolo fechou a venda de 342 ônibus com o Transantiago, sistema de transporte coletivo urbano da cidade de Santiago, para atender diferentes operadoras do Chile. Cento e cinquenta unidades produzidas em Caxias do Sul, RS, já estão sendo embarcadas para o país andino.

O negócio envolve os modelos Torino Low Entry Articulado e Torino Low Entry, envolvendo a primeira frota em operação na América Latina com a tecnologia Euro 6, a mais avançada para redução da emissão de poluentes em motores diesel, com 66% a menos de material particulado e 80% menos NOx do que os atuais veículos em operação.

Segundo André Armaganijan, diretor de estratégia e negócios internacionais da Marcopolo, o fornecimento reforça a participação da fabricante brasileira no sistema Transantiago e demonstra a posição de vanguarda da empresa no desenvolvimento de produtos adequados à tecnologia Euro 6, utilizada apenas nos mais avançados mercados no mundo.

“As primeiras 150 unidades foram produzidas durante o mês de dezembro em nossa planta de Ana Rech e estão sendo embarcadas para o Chile”, destaca o executivo.

Os novos ônibus destinam-se a três dos maiores operadores do sistema Transantiago – Metbus, STP Santiago e Redbus Urbano -, que pela primeira vez irão operar com modelos Marcopolo. De acorco com a Marcopolo, esse é o mais importante negócio fechado pela empresa no continente latino-americano.

LEIA MAIS

Marcopolo supera a produção de 100 ônibus New G7

Marcopolo entrega 500 ônibus para a Asperbras, em Angola

Anúncio

VWCO aumenta presença no Chile

“O Chile foi, em 2018, o principal mercado exportador na América do Sul, com mais de 970 unidades. O novo fornecimento para o Transantiago vinha sendo negociado há meses e a equipe multifuncional criada especificamente para este projeto trabalhou para desenvolver dois modelos diferenciados que pudessem oferecer o máximo em segurança, conforto, robustez e eficiência”, enfatiza o diretor do negócio ônibus da Marcopolo, Rodrigo Pikussa.

Os novos ônibus Torino Low Entry e Low Entry Articulado possuem transmissão automática e piso baixo, com grande capacidade para o transporte de passageiros, e contam com nova cabine que destaca a segurança e a ergonomia para os motoristas.

Com novo desenho e comandos de fácil e rápido acesso, tornam a condução menos desgastante e mais confortável. Internamente, os veículos oferecem ainda sistema de ar-condicionado, novos assentos estofados, tomadas USB, tubos e pega-mãos para os passageiros em aço inox, vidros colados e preparação para instalação de todos os equipamentos de gestão de frota utilizados no sistema Transantiago.

Transantiago – O sistema Transantiago foi idealizado em 2002, como forma de melhorar o transporte coletivo urbano na capital do país. O início de operação ocorreu em 2005 e, desde então, mais de 6 mil ônibus já foram fornecidos às diversas empresas que atuam nas cerca de 380 linhas. Deste total, a Marcopolo tem importante participação com o fornecimento de mais de 2,9 mil unidades dos modelos convencionais e articulados e micro-ônibus.


Foto: Divulgação/Marcopolo