Com crescimento das vendas acima da média do mercado, a marca Jeep enerrou o ano na liderança do segmento brasileiro de SUVs, com seus dois modelos presentes no ranking dos cinco veículos do gênero mais vendidos no País. O Compass foi líder pelo segundo ano consecutivo, com 60,3 mil emplacamentos, uma vantagem de mais de 11 mil unidades frente ao segundo colocado, o Hyundai Creta (49 mil licenciamentos).

As vendas do Compassa tiveram expansão 22,6% sobre o ano anterior e as do Renegade, o quinto colocado, cresceram 20,9% no mesmo comparativo, com total de 46,3 mil licenciamentos.

“Esses resultados mostram que estamos no caminho certo, destacando-nos em um mercado cada vez mais exigente e disputado”, avaliaTania Silvestri, diretora comercial da Jeep Brasil e do brand Jeep América Latina. “Nosso desafio em 2019 é fazer mais e melhor, sempre com foco no foco do cliente, para manter a liderança e ganhar maior participação de mercado”.

No total, as vendas da marca Jeep atingiram 106.954 unidades, alta de 21,3% em relação a 2017. Com o desempenho de 2018, o Compass ficou entre os dez veículos mais vendidos no Brasil, considerando todas as categorias e segmentos.

O resultado positivo da Jeep levou a FCA, Fiatt Chrysler Automobiles, a crescer levemente acima da média do mercado de automóveis de comerciais leves – altas de, respectivamente, 14% e 13,8%. A fabricante encerrou o ano com 433,8 mil veículos emplacados e uma participação de 17,5% nas vendas internas.

LEIA MAIS

FCA celebra 500 mil unidades produzidas em Pernambuco

“Foi um ano importante, marcado pela gradual recuperação do mercado, no qual nossas marcas se posicionaram bem”, comenta o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa. “Avançamos em nossa estratégia de reforçar nossos vínculos com os clientes e estamos preparados para continuar a crescer em 2019 e nos próximos anos, enquanto aceleramos nossos investimentos na expansão e renovação de nossa gama de produtos”.

Anúncio

Além de liderar o segmento de SUVs com a marca Jeep, a FCA foi a primeira colocada, com a marca Fiat, nos segmentos de picapes e veículos comerciais.

Com 67 mil emplacamentos e crescimento de 23% frente a 2017, a Strada manteve a liderança no mercado de picapes. Também foi positivo o desepenho da Toro, com 58 mil emplacamentos e expansão de 15% nas vendas. No segmento de vans, a Fiat atingiu 39% de participação, com 16 mil unidades comercializadas em 2018.

LEIA MAIS

Fiat domina com folga ranking dos comerciais leves

“A FCA será a montadora que mais dialogará com o cliente final”

FCA lança Projeto Araucária em Campo Largo

Outros modelos Fiat que se destacaram foram o Cronos e o Argo. Lançado em 2018, o Cronos alcançou o patamar de 30 mil carros vendidos no ano passado. O Argo superou a marca de 63 mil carros, um crescaimento de 126% em comparação com 2017.

“Foi um ano importante, em que mantivemos nossos investimentos, tanto na modernização do Polo Automotivo Fiat, de Betim, e do Polo Industrial de Córdoba, na Argentina, quanto no desenvolvimento de novos produtos”, ressalta Herlander Zola, diretor comercial da Fiat Brasil e do brand Fiat na América Latina. “Lançamos modelos importantes, como o Cronos e o Novo Ducato, e pudemos testar com sucesso a reação do público a nossas propostas no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo”.


Foto: Divulgação/FCA