Apesar de veterana no portfólio da Volkswagen, a Saveiro acaba de ganhar mais um mercado externo com o início de suas exportações para o Peru. Os embarques da picape a partir do Brasil começaram em 1982 e, desde então, acumula mais de 289 mil unidades exportadas, especialmente para países das Américas do Sul e Central. Segundo a montadora, o modelo é o quinto mais enviado pela marca aos mercados internacionais.

O Peru passa a receber do Brasil a Saveiro em duas versões cabine dupla, dentre elas a Cross, de apelo aventureiro, ambas com motor 1.6 MSI de até 120 cv associado a câmbio manual de cinco marchas.

LEIA MAIS

→Volkswagen lança linha 2020 do Gol, Voyage e Saveiro

→VW convoca recall da Saveiro por falha nos freios

Anúncio

→VW exporta cabeçotes de motores para a Alemanha

→VW Virtus desembarca no México

Para Pablo Di Si, presente e CEO da VW América do Sul e Brasil, cada novo mercado externo conquistado pela marca revela a forte característica da marca como exportadora. “Até o fim de 2019, chegaremos à marca de 4 milhões de veículos exportados na história da Volkswagen do Brasil”, adianta.

A Saveiro se junta a uma oferta no mercado peruano que já incluía up!, Gol, Voyage, Fox, Polo, Virtus e T-Cross. No mercado doméstico, segundo números da Fenabrave, o modelo é o segundo mais vendido na categoria de picapes pequenas, com 22,4 mil unidades vendidas até julho, o que representou 30,6% das vendas no segmento.


Foto: Volkswagen/Divulgação