Durante o lançamento do novo pneu Grabber A/TX nesta quarta-feira, 4, o gerente de marketing da Continental Pneus, Caio De Marchi, informou que a empresa vai passar a ser fornecedora de equipamento original no segmento de veículos off-road.

“Não posso revelar o nome, mas já fechamos com uma montadora brasileira o fornecimento de pneus da linha Touring. E na semana passada fomos procurados por uma outra fabricante que mostrou interesse nos produtos da linha AX3 e até mesmo da ATX, que estamos apresentando agora no mercado brasileiro”.

A Continental já atende as montadoras de automóveis e comerciais leves no Brasil, mas apenas com fornecimento para veículos de passeio. O nicho dos pneus 4×4 tem crescido localmente e detém, este ano, 17,2% das vendas totais dos fabricantes do setor no País.

A empresa está otimista com o lançamento da nova linha Grabber A/TX, que a princípio destina-se apenas ao mercado de reposição e terá 75% da sua oferta local a partir da produção na fábrica de Camaçari, BA. “Os 25% restantes são de medidas com menor demanda e que, por isso, serão importadas”.

O grande diferencial do pneu Grabber A/TX, segundo a empresa, é que ele foi desenvolvido para garantir conforto e eficiência em todos os tipos de terrenos.

“O Grabber A/TX busca conciliar desempenho em condições climáticas e de piso adversas, mas sem comprometer o conforto em pistas urbanas”, comentou João Scalabrin, supervisor comercial de desenvolvimento de produto da Continental Pneus, durante entrevista online nesta quarta-feira, 4.

Anúncio

Dentre as inovações, a empresa destaca a tecnologia DuragenTM, que emprega um composto altamente durável para assegurar excelente resistência a cortes e a outros danos comuns em terrenos acidentados e desafiadores. “Suas cintas de aço ultrarresistente e seu contorno abrangente e plano proporcionam estabilidade, desgaste uniforme e respostas precisas”, comenta Scalabrin .

Com relação às perspectivas de vendas locais, o gerente de marketing não revelou números, mas disse que o objetivo da Continental é ganhar participação no segmento de pneus off-road. A princípio, a produção de Camaçari deve atingir pelo menos 50 mil unidades do Grabber A/TX anualmente.

Caio de Machi revelou ainda que no comparativo de 2019 com 2018 houve alta de 7% na venda de pneus off-road. Este ano, por causa da pandemia, os fabricantes do setor devem registrar queda com relação a 2019. “Mas a recuperação tem sido acima do que prevíamos. Acreditávamos que o patamar do ano passado só seria retomado em 2022, porém tudo indica que isso já ocorra no ano que vem”.


Foto: Divulgação/Continental Pneus