Com foco em sua política mundial de sustentabilidade, o Grupo BMW decidiu investir no uso de energia solar em sua fábrica de Araquari, SC. Em processo iniciado no final do ano passado, a empresa instalou 562 placas fotovoltaicas no telhado do prédio da montagem de veículos e, com isso, a unidade catarinense deixará de emitir perto de 28,75 toneladas de CO₂ por ano, o equivalente a 2.738 árvores.

Os painéis ocupam atualmente uma área de 1.068 m2, já projetada para futuramente ser expandida. “O objetivo é gerar 261.397 kWh de energia em um ano, o que seria suficiente para abastecer 143 residências, de acordo com a média de consumo brasileiro”, informa a fabricante.

“Assim como em todo o Grupo BMW, seguimos tendo a sustentabilidade como um assunto de extrema importância. E, por isso, estamos muito orgulhosos de mais esse passo dado aqui na fábrica de Araquari”, comenta Mathias Hofmann, diretor geral da fábrica de Araquari.

Anúncio

LEIA MAIS

Conversível da BMW chega ao Brasil por R$ 460.950

BMW lança programa de motos seminovas com garantia de fábrica

A medida enquadra-se na meta mundial do grupo de até 2030 reduzir em 20% a emissão de CO₂ por veículo na cadeia produtiva, 80% na produção, por automóvel, e em 40% na fase de uso do produto final.

A BMW revela ainda que a fábrica de Araquari já conta com a utilização de energia proveniente de fontes renováveis, o que rendeu à unidade a obtenção da certificação I-REC, um instrumento de compensação do consumo de energia elétrica proveniente de fontes que emitem CO₂ na atmosfera.


Foto: Divulgação/BMW