Com mais de 40 mil visitantes, o movimento e os negócios encaminhados na M&T Expo 2018 – Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração superaram as expectativas dos organizadores do evento realizado no São Paulo Expo, na capital paulista, entre os dias 26 e 29 de novembro.

Com a presença de oitocentas marcas nacionais e internacionais de dezenove países, a M&T Expo recebeu publico altamente qualificado, formado em sua maioria por presidentes, diretores, empresários, gerentes, profissionais e técnicos de empresas compradoras de equipamentos – construtoras, mineradores, locadores -, além de representantes de entidades e instituições públicas e privadas.

Dentre os expositores, representantes da Alemanha, Canadá, China, Coréia do Sul, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Índia, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, Reino Unido, Rússia, Suécia, Suíça, e Turquia.

De acordo com Afonso Mamede, presidente da Sobratema, Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração, uma das organizadoras, a M&T Expo é protagonista no que diz respeito à divulgação de novas tecnologias para o desenvolvimento do mercado de máquinas para construção e mineração, mas também tem um papel preponderante para sentir como está o ânimo de toda a cadeia produtiva.

LEIA MAIS

New Holland desenvolve retroescavadeira acessível

Anúncio

Case CE mostra conceito da retroescavadeira Wireless

“Os fabricantes de equipamentos e os fornecedores de componentes e serviços se preparam para participar da feira de forma que o usuário conheça o que há de mais moderno no setor e, ao mesmo tempo, tenha melhores condições para negociar a compra de máquinas”, explica Mamede.

Estudo desenvolvido pela Sobratema indica um crescimento de 38% este ano na comercialização de máquinas destinadas a esse segmento. No total, serão 17,8 mil unidades comercializadas em 2018 contra 12,9 mil unidades no ano anterior.

“Certamente, a feira contribuiu para esse bom resultado, reforçando a função exercida em edições anteriores, quando ajudou a reverter os reflexos das crises econômicas pelas quais o Brasil passou”, enfatiza Mamede. “O sucesso do evento ratifica sua relevância como fonte de geração de negócios para os expositores, fomentando a competitividade, o desenvolvimento econômico-financeiro e tecnológico de todo o setor da construção e mineração”.


Foto: Divulgação/M&T Expo