OSindicato dos Metalúrigicos do ABC está convocando para esta terça-feira, 12, assembleia na portaria 5 da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo para comunicar o resultado da conversa com a direção mundial da montadora, realizada na matriz da empresa, em Dearborn, nos Estados Unidos, na última quinta-feira, 7.

Participaram do encontro com a direção mundial o presidente do sindicato, Wagner Santana, o ex-presidente Rafael Marques e o coordenador do Comitê Sindical da Ford, José Quixabeira de Anchieta. Os sindicalistas não quiseram adiantar nenhum detalhe da reunião em Dearborn antes da assembleia com os trabalhadores, que foi previamente marcada justamente para esse fim.

A Ford anunciou o fechamento da fábrica da avenida Taboão, em São Bernardo, no dia 19 de fevereiro. A empresa divulgou um comunicado naquela data e desde então nenhum de seus dirigentes falou sobre o assunto.

LEIA MAIS

No ano de seu centenário no Brasil, Ford fechará São Bernardo do Campo

Ford não cede e governo ajudará na venda da fábrica do ABC

Anúncio

Sindicato dos Metalúrgicos do ABC manifesta revolta com decisão da Ford

Desde então o Sindicato do ABC vem trabalhando em várias frentes para tentar reverter a decisão. Os sindicalistas já se reuniram com o governador de São Paulo, João Doria, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e com o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando.

LEIA MAIS

Passeata em São Bernardo contra fechamento da fábrica da Ford

Caoa confirma interesse na operação da Ford em SBC


Foto: Divulgação/SMABC-Adonis Guerra