Ele tem 27 metros de comprimento e pode transportar 250 pessoas. Esta são duas das principais características do K12A, ônibus biarticulado da BYD. Op orte não deixa de impressionar, mas não é nada muito diferente do que existe por aí não fosse o fato de o modelo ser também o maior ônibus elétrico do mundo.

O K12A acaba de ser apresentado na sede da fabricante em Shenzen, na China, mas já tem cliente certo na América do Sul. Em breve, ele será incorporado por empresas colombianas que operam no sistema Transmilênio de Bogotá, Colômbia.

Apesar do tamanho, o novo biarticulado chega à velocidade máxima de 70 km/h e, de acordo com a BYD,  é o primeiro ônibus elétrico do mundo equipado com  sistema 4WD distribuído, que pode alternar entre tração de duas ou quatro rodas sem problemas para atender às demandas de diferentes terrenos, além de reduzir o consumo total de energia do veículo.

O K12A é compatível com os corredores rápidos para ônibus, os conhecidos BRTs, como o colombiano Transmilênio. Possui sistema de gerenciamento de calor de bateria, sistema regenerativo de energia. Uma carga das baterias pode durar quase 300 quilômetros.

Anúncio

A BYD lidera a produção chinesa de ônibus elétricos. Já produziu mais de 50 mil unidades que rodam em cerca de trezentas cidades de cinquenta países. Seu modelo K9, que já possui certificações de agências europeias, norte-americanas e japonesas, entrou em operação em 2011 na própria cidade de Shenzhen.

LEIA MAIS

→BYD tira o pé dos automóveis elétricos no Brasil

→Caminhões elétricos da BYD chegam à Europa

Hoje, além da China, a empresa monta seus ônibus nos Estados Unidos, Brasil, Hungria e França. A operação brasileira, inaugurada em 2015 e que conta com 250 funcionários, tem sua linha de montagem em Campinas (SP) e também comercializa empilhadeiras elétricas. Em abril de 2017, inaugurou sua segunda planta para produção de módulos fotovoltaicos.


Foto:Divulgação/BYD