Apesar de no acumulado do ano o resultado ainda ser positivo, as vendas de máquinas agrícolas e rodoviárias desaceleraram em abril. Foram comercializadas apenas 3.111 unidades no mês, volume 17,5% inferior ao de março (3.769) e 24,8% menor do que o registado em abril do ano passado (4.137).

No total do primeiro quadrimestre, com 12,4 mil unidades comercializadas, o setor ainda tem resultado positivo, com crescimento de 6,4% em relação às 11,66 mil do mesmo período de 2018. No acumulado até março a expansão era de 23,5%.

Um dos problemas do setor foi o término do Moderfrota em março. Com recursos totais de R$ 8,6 bilhões, o último Plano Safra, que abrange essa linha de financiamento do BNDES, esgotou-se antes do anúncio de um novo programa para a compra de máquinas agrícolas, que deve ocorrer apenas em junho.

Apesar da desaceleração em abril, a Anfavea ainda mantém a projeção de crescimento de 10,9% nas vendas internas do setor este ano, para algo em torno de 53 mil unidades. A Agrishow 2019, realizada em Ribeirão Preto (SP) de 29 de abril a 3 de maio, gerou R$ 2,9 bilhões em novos negócios e, assim, traz boas perspectivas ao setor.

LEIA MAIS

Agrishow gera negócios da ordem de R$ 2,9 bilhões

Anúncio

CNH Industrial selecionará 400 estagiários para dez fábricas

Venda de máquinas agrícolas e rodoviárias cresce 23,5% no ano

Ao contrário do mercado doméstico, a indústria de máquinas agrícolas e rodoviárias ampliou exportações em abril. Com 1.265 unidades, houve crescimento das vendas externas de 13,8% em a relação a março e de  12,5% no comparativo com o mesmo mês de 2018.

Mas no acumulado do ano verifica-se queda de 2,7% nas vendas externas, com 3.949 unidades embarcacas este ano contra as 4.060 dos primeiros quatro meses do ano passado. Em valores a retração das exportações do setor é ainda maior, de 15,6%. Foram exportados US$ 993,5 milhões este ano contra quase US$ 1,18 bilhão no primeiro quadrimestre de 2018.

A redução nos negócios externos tem reflexo direto na produção, que no acumulado do ano caiu 9,9%. Foram fabricadas 15.321 unidades de janeiro a abril deste ano, ante as 17.005 de idênntico período do ano passado.


Foto: Divulgação/CNH Industrial