Os defensores de sedãs e hatches podem torcer o nariz, mas esses modelos já não são mais páreo para os utilitários esportivos no Brasil. Após quase sete décadas da chegada das montadoras aqui, em 2020 os SUVs lideraram as vendas de automóveis pela primeira vez, coroando uma espantosa ascensão nos últimos cinco anos.

Foram negociados no mercado interno, no ano passado, 528,2 mil SUVs, 32,7% dos mais de 1,6 milhão de veículos de passeio que chegaram às ruas. Os hatches pequenos, que se consolidaram como categoria-líder no Brasil nos últimos anos, acumularam 475,8 mil unidades e caíram para o segundo lugar, com fatia de 29,4%.

Enquanto o mercado interno de automóveis recuou, na média, 25,6%, as vendas de utilitários esportivos diminuíram menos da metade em 2020, somente 12%. Em maio, pela primeira vez na história, os SUVs formaram o segmento de maior participação em um único mês.

O crescimento dos utilitários esportivos no mercado brasileiro tem sido vertiginoso e segue a tendência mundial iniciada na primeira metade desta década.

Anúncio

Há apenas cinco anos, eles respondiam por somente 18% das vendas e eram a terceira maior categoria, atrás também dos modelos de entrada (21%) e mais de 8 pontos porcentuais atrás do hatches pequenos.

A pandemia não impediu a continuidade de lançamentos e a aceleração do crescimento do segmento, que encerrar 2019 com 26,5% de penetração contra 33% dos hatchs pequenos, um ganho de 6 pontos porcentuais. Esse avanço foi até maior do que que o registrado nos 12 meses anteriores, quando a fatia dos SUVs crescera 2 pontos frtente a 2018.

E nada indica que a curva de vendas de utilitários esportivos será achatada no curto prazo. Ao contrário. Várias marcas lançarão SUVs neste ano e também em 2022. Algumas, como Fiat e Toyota, terão seus primeiros modelos nacionais, o que por si deve agregar mais alguns pontos na atual conta do segmento.

LEIA MAIS

→ Com T-Cross na liderança, Volkswagen “explodiu” no segmento de SUVs

→ FCA lançará “smart cars” da Fiat e Jeep no Brasil em 2021


Foto: Divulgação